segunda-feira, maio 02, 2011

Xenofobia, racismo, Espaço Schengen e questão dos refugiados

Notas soltas, em tempos de regresso ao "orgulhosamente sós" em algumas paragens e da profusão de movimentos apostados na lógica dos "nacionais primeiro"... uma mensagem de quem não dança ao som desta "música"...


"[A] Itália e a França entretêm-se a desfazer Schengen por causa de vinte mil deslocados de guerra (a Tunísia recebeu mais de duzentos mil da Líbia)."

Rui Tavares, in "Público", 02/05/2011)


Os 27 Estados-Membros da União Europeia são os seguintes: Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia e Reino Unido. Destes, a Dinamarca, a Irlanda e o Reino Unido apenas aplicam parte do Acordo de Schengen (1985).

Resumidamente o Acordo de Schengen visa facilitar a circulação de pessoas e mercadorias dentro das fronteiras (abolir essas fronteiras) da União Europeia e simultaneamente reforçar as fronteiras europeias com o resto do Mundo.


Ainda no "Público" de hoje, Christopher Hitchens, afirma: "Uma razão para ser anti-racista convicto é o simples facto de que a 'raça' é uma construção sem validade científica."


O que é um refugiado? Ver aqui e aqui.

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Divulgue o seu blog! Blogarama - The Blog Directory Blogarama - The Blog Directory TOP 100 WEBLOGS